Destaques

Com transmissão do SBT, Copa América pode perder estrelas da Seleção Brasileira



(Imagem: Reprodução / SBT)

O SBT entrou em alerta máxima sobre a realização da Copa América, que começa no próximo dia 13 de junho. O técnico da Seleção Brasileira, Tite, afirmou em entrevista coletiva na noite de ontem (3) que alguns jogados pediram uma reunião com o presidente da CBF, Rogério Caboclo, para um desabafo em conjunto sobre a participação do grupo no torneio.

“Nós temos uma opinião muito clara e nós fomos lealmente, numa sequência cronológica, eu e Juninho [Paulista, coordenador da seleção] externando a nossa opinião. Na sequência pedimos aos atletas para trabalharem e ficarem focados na nossa preparação para o jogo contra o Equador. Nos atenderam nessa solicitação”, afirmou o treinador.

“Na sequência solicitaram uma conversa com o presidente [Rogério Caboclo] direta e lealmente falando a ele as suas opiniões, porque está muito clara, muito limpa, muito clean, e foi externada em conversa pessoal com presidente e comissão técnica”, prosseguiu.

“A partir daí temos a posição dos atletas. E para o torcedor fica nosso respeito: gostaríamos no momento oportuno de externar isso a ele. Não vamos externar agora pela prioridade de jogar bem e ganhar o jogo de amanhã. No término dessa data Fifa as situações vão ficar claras”, finalizou.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu a realização da Copa América no Brasil após uma campanha implacável de autoridades médicos e imprensa pedindo o cancelamento do campeonato. “Copa América? Sim [vai ser realizada]. Fui instado no dia de ontem pela CBF. Conversei com todos os ministros interessados. Da minha parte, positivo”, disse em conversa com eleitores.

Relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB) pediu publicamente que a Seleção Brasileira não aceitasse a competição como parte da agenda de jogos de 2021. Em seu desabafo, o político citou Neymar.

“Realizar a Copa América no Brasil é transformar essa Copa em campeonato da morte. Já que a CBF tem se transformado em negacionista irresponsável, quero me dirigir à Seleção Brasileira, ao seu treinador e jogadores. Ao Neymar! Neymar, não concorde com essa Copa América no Brasil”, pediu.

“Não é esse campeonato que precisamos disputar. Nós precisamos ganhar o campeonato da vacinação. Nesse campeonato, o Brasil ocupa um dos últimos lugares. No campeonato da morte, somos o segundo colocado. Não permita que o Brasil entre nesse campeonato da morte”, implorou.

Com informações,RD1

Nenhum comentário

Deixe seu comentário