Destaques

Canal Combate derruba valores para conquistar novos assinantes


                            

A Globo tomou uma atitude vista como necessária por parte da sua direção envolvendo o canal Combate. A emissora derrubou a quantia do pagamento anual para buscar novos assinantes. É uma iniciativa para tentar reverter um quadro que tem mexido com a alta cúpula da empresa.

Por causa da pandemia do Coronavírus, o número de eventos está muito abaixo do esperado. A partir de agora, quem estiver disposto a assinar o canal de lutas vai ter que desembolsar R$ 478,80, R$ 39,90 por mês. O valor está disponível para quem busca a assinatura no site oficial.

Dois meses depois do início da pandemia, em março de 2020, o Combate teve uma queda de 150 mil assinantes. A falta de lutas não é o único problema.

A escassez de nomes brasileiros em alta na disputa tem prejudicado as finanças da plataforma. O principal nome brasileiro do MMA é Amanda Nunes, conhecida mundialmente.

Com informações RD1


Nenhum comentário

Deixe seu comentário

google.com, pub-9520917601195140, DIRECT, f08c47fec0942fa0