Destaques

Clubes da Série B querem antecipar renovação de acordo com a Tv Globo




Os clube que disputam o Campeonato Brasileiro Série B se reuniram nesta segunda-feira (27) com a CBF e representantes da Tv Globo, na qual expressaram o desejo de acelerar as negociações com a emissora para os direitos de transmissão da competição a partir de 2023. A informação foi publicada pelo UOL.

O contrato atual termina após a edição 2022, mas os dirigentes pretendem abrir conversas ainda em 2021. “A Série B hoje não é a mesma de três, quatro anos atrás. A Série B está com clubes de expressão. A gente tem que começar a dar um norte”, disse Francisco José Battistotti, presidente do Avaí e da ANCF.

Como princípio básico, os clubes da Série B querem reduzir a distância em relação à Série A em termos de receita com direitos de transmissão. Atualmente, cada clube ganha até R$ 8 milhões por temporada, sendo R$ 2 milhões para logística. Assim, o contrato fica numa base de R$ 160 milhões anuais. O vínculo é assinado com a CBF, que faz o repasse para os clubes.

Quem tem torcida e uma base maior de assinantes no pay-per-view, como Cruzeiro, Vasco e Botafogo, opta por uma modalidade diferente, recebendo de acordo com o número que aparece nos registros da Globo. “Vamos ver se a gente fecha no fim do ano para que a gente melhore o nosso produto. Hoje, o produto Série B está um pouco defasado. Precisamos aumentar”, explicou Battistotti.

Os clubes contrataram uma pesquisa junto ao Ibope/Repucom para verificar a audiência do campeonato nas respectivas praças. O resultado ajuda a reforçar a visão de que o valor recebido pelo torneio é pouco.


Os representantes da Globo ficaram de oficializar a primeira proposta em breve. Os cartolas dizem conversar com outros interessados. A presença da CBF significa que os clubes participarão de forma mais intensa das negociações.

“Vamos analisar o que o mercado paga e o que é melhor para nós. O que nos interessa é ter um valor real para o que é a Série B. Não pode ficar na proporção 10/1 em relação à Série A”, acrescentou o dirigente, sem revelar a meta para não perder poder de barganha diante do mercado.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

google.com, pub-9520917601195140, DIRECT, f08c47fec0942fa0