Destaques

ESPN promove o futebol internacional com a campanha “Rota das Taças”





A ESPN lançou a campanha “Rota das Taças” para promover as grandes ligas do futebol europeu e o principal torneio sul-americano, que são atrações dos canais Disney. Em parceria com Star+, a iniciativa deixará em exposição uma réplica fiel dos troféus da LaLiga, Ligue 1 e da Copa Conmebol Libertadores em três pontos diferentes da cidade de São Paulo de 31 de agosto a 21 de setembro.

 

Focada em apresentar os direitos esportivos da ESPN no Star+ de forma visual para o público, a ação também contatará com camisas dos principais jogadores das três ligas que ficarão expostas junto com as taças nas avenidas Paulista (Libertadores), Juscelino Kubistchek (LaLiga) e Berrini (Ligue 1). Em cada local, abrigos especiais permitirão que os pedestres tirem fotos e gravem vídeos.

 

O futebol internacional é um dos destaques da programação de eventos esportivos da ESPN no Star+. Semanalmente, o fã de esporte poderá acompanhar os jogos das principais ligas europeias, além de conteúdo exclusivo produzido para a cobertura jornalística dos torneios que contam com grandes estrelas, como: Lionel Messi, Neymar, Lucas Paquetá, Cristiano Ronaldo, Kevin De Bruyne, Vinicius Júnior e Luis Suárez; e também dos craques do futebol sul-americano: Dudu, Gabigol e Hulk.

 

A ESPN no Star+ expande a oferta de eventos das ligas internacionais para o mercado brasileiro, transmitindo as partidas da Premier League, LaLiga, Serie A, Ligue 1, UEFA Europa League e UEFA Conference League, além da reta final da Copa Conmebol Libertadores, que também é destaque do Fox Sports, e os principais jogos de torneios como o Campeonato Português, Campeonato Holandês, Campeonato Escocês, Campeonato Belga, Eliminatórias da Ásia, Copa da Alemanha, Copa do Rei e da Rainha na Espanha, FA Cup masculina e feminina, Copa da Itália, Copa da França, MLS, USL e o Campeonato Argentino, entre outros.

Um comentário:

  1. Lamentável mesmo. Essa porcaria de streaming tá tomando o lugar da tv cada dia mais. Muito revoltante ver isso acontecer. Em pouco tempo a tendência é acabar a tv. Um absurdo.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário