Destaques

Discovery estreia nova temporada de "Largados e Pelados"



A partir da próxima terça-feira, dia 20 de julho, às 22h, vão ao ar os novos episódios de "Largados e Pelados", série original do Discovery que se transformou em sucesso mundial ao documentar o confronto dos participantes com as vulnerabilidades de nossa espécie enquanto eles encaram o desafio de sobrevivência: sem roupas, se propõem a passar 21 dias na natureza selvagem, munidos de mapas e utensílios elementares, tais como facas e panelas.

As duplas são formadas por um homem e uma mulher – até então desconhecidos entre si. Com uma hora de duração, cada um dos novos episódios documenta a missão de uma dupla diferente em alguma região inóspita do planeta.

Os participantes devem permanecer nus durante a estada. Completamente vulneráveis, eles lidam com a escassez de recursos, dividem o habitat com predadores e encaram as diversas ameaças que o ambiente reserva. Juntos, eles devem encontrar meios de se proteger de intempéries, encontrar comida, água e abrigo. As duplas recebem câmeras para o registro da jornada e uma equipe de filmagem os acompanha sem interferir nas decisões ou no desenrolar das situações. Intervenções só acontecem em casos de urgência e significam o fim do desafio para o participante que recebeu ajuda.

Não há vencedores – apenas aqueles que conseguem superar os próprios limites, se reconectando ao passado remoto da espécie humana, quando se iniciou a conquista da natureza em favor da segurança e conforto. Com coragem, vontade, habilidade e também sorte, os participantes esperam provar que possuem o necessário para entrar do seleto grupo dos que sobreviveram "Largados e Pelados". 

No episódio de estreia o cenário é a África do Sul, na fronteira entre Botsuana e Zimbábue. No coração da savana, a lei do mais forte impera e predadores mortais – de leões e serpentes a hienas e hipopótamos – estão por toda parte. O clima é árido e de temperaturas extremas: 45ºC durante o dia; 15ºC à noite. A água é escassa e, quando encontrada, oferece perigo devido à quantidade de bactérias, protozoários e parasitas que podem causar doenças e infecções gastrointestinais graves a humanos.

Kim e Vincent são os desafiantes que aceitam encarar esse habitat por 21 dias. Kim tem 27 anos, é engenheira e pratica esportes que requerem agilidade e força, entre eles a escalada. Aos 31 anos, Vincent é empresário e já realizou diversas incursões à natureza selvagem, como escalar o Monte Kilimanjaro.

A dupla começa procurando uma fonte de água e providencia fogo para fervê-la. Moluscos terrestres, insetos e uma tartaruga estão no cardápio da dupla. Na madrugada do quarto dia, uma tempestade torrencial atinge o abrigo que eles construíram; no nono dia, um dos participantes requer avaliação médica – o que pode significar o fim do desafio para ele e o início de uma jornada solo para o outro.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário