Destaques

Presidente do Flamengo avalia com natural o retorno da negociação coletiva dos direitos de transmissão pelos clubes



Em entrevista ao podcast 'Folha Seca', o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, afirma que o retorno da negociação em conjunto dos clubes pelos direitos de transmissão será natural no futuro.

"A negociação coletiva é um caminho natural pelo qual a gente vai ter que passar. Acho que tem várias coisas que precisam modificar. A começar pelo produto futebol brasileiro, em que ele possa encaixar melhor em diversos mercados. Aí eu penso no mercado Norte Americano, que continua a crescer, é um grande mercado e também para o mercado europeu", afirmou.

Landim acha interessante colocar o horário dos jogos do Brasileirão mais acessíveis aos europeus, por exemplo, para que a competição seja mais vista no exterior.

"Se a gente conseguir colocar os nossos jogos passados no horário, a depender da época do ano, do momento, a gente tem uma diferença de quatro horas em média para Europa. A gente passando os nossos jogos aqui, a tarde, nos fins de semana, pode ser os jogos da noite. Aí a gente pode querer ocupar o espaço no fim de semana, a noite, naquele mercado que gosta de futebol na Europa. Em Portugal, que tem uma relação muito forte pela língua com o Brasil, mas mesmo para os grandes mercados do futebol como França, Alemanha, Inglaterra, poderiam começar a consumir esse produto, mas esse produto do futebol brasileiro precisa ser de qualidade", completou.



Nenhum comentário

Deixe seu comentário