Destaques

Finais da Conferência Leste da NBA começam nesta quarta-feira, no SporTV2



A temporada 2020-2021 da NBA é uma das mais surpreendentes dos últimos anos e representa uma renovação de forças na maior liga de basquete do mundo. Equipes que nos últimos anos não costumavam chegar às finais, agora são protagonistas. É o caso da Conferência Leste, que começa a ser decidida a partir desta quarta-feira, com transmissão do SporTV2. Milwaukee Bucks e Atlanta Hawks iniciam esta final credenciados por eliminar Brooklyn Nets e Philadelphia 76ers, respectivamente, que eram tidos como favoritos neste lado da chave, ambos resolvidos apenas no jogo 7. A partir das 21h30, Everaldo Marques narra este primeiro confronto, ao lado dos comentaristas Marcelinho Machado e Pedro Maia.

A matemática é simples. Avança para a decisão da NBA quem vencer quatro jogos primeiro. Os Bucks, por terem feito uma campanha melhor na temporada regular, têm o direito de fazer uma partida a mais em seus domínios. Quem passar, encara o vencedor da final da Conferência Oeste, entre Phoenix Suns e Los Angeles Clippers, duas equipes que jamais conquistaram a NBA. Do lado Leste os finalistas levantaram a taça apenas uma vez: Atlanta na temporada 1957-58, e o Milwaukee em 1970-71. “Esta temporada foi muito boa tecnicamente. Alguns astros se consolidaram e novos nomes surgiram. Também foi desafiadora para as equipes, pois elas ainda enfrentaram os reflexos da pandemia, principalmente em termos de calendário. Quando esta temporada era para estar começando, a do ano passado não havia terminado ainda. A NBA precisou reduzir um pouco o número de jogos na temporada regular, mas mesmo assim tivemos uma quantidade muito grande de partidas”, avalia Everaldo Marques.

Além das finais da Conferência Leste, o principal jogador do Milwaukee Bucks tem presença prevista também no ‘Esporte Espetacular’ deste domingo, dia 27. O grego Giannis Antetokounmpo, eleito o melhor jogador da temporada regular por dois campeonatos seguidos – 2018-19 e 2019-20 –, é o personagem da matéria de Guilherme Roseguini. Na adolescência trabalhava como camelô nas ruas de Atenas e só passou a jogar basquete três anos antes de ser recrutado pelos Bucks. Agora, tem a chance de ajudar a quebrar um jejum de 50 anos da franquia sem conquistar um título da NBA. “O Giannis Antetokounmpo está pronto para ser um dos líderes desta nova geração que está chegando. Do outro lado, o Trae Young tem feito um ótimo playoff pelo Atlanta e mostrado que é um dos atletas mais espetaculares que temos atualmente na liga”, ressalta o narrador.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário