Destaques

GloboNews cresce 34% em receita no primeiro trimestre em comparação com 2020



Os números do período entre 1º de janeiro e 30 de março de 2021 mostram que, mesmo depois de um 2020 de desafios para o mercado de anunciantes e de aumento da concorrência no segmento de notícias, a GloboNews aumentou e qualificou seu público, o que refletiu em faturamento um 1º trimestre histórico de audiência. O canal registrou crescimento de 34% na receita na comparação com o mesmo período de 2020 e mais de 280 marcas parceiras – um aumento de 19% na comparação com o mesmo período de 2020. 

O jornalismo do canal foi a opção do público para se informar sobre os desdobramentos da pandemia, as crises políticas e as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo. No período, a GloboNews ficou em 2º lugar da TV por assinatura no PNT (atrás apenas do VIVA) e obteve a melhor média de audiência histórica do 1º trimestre desde o início da medição, em 2014. Os dados revelam ainda um alcance de quase 18 milhões de pessoas (17,8) e um crescimento de 31% na audiência em relação ao mesmo período de 2020. No horário nobre, o crescimento foi de 30%. 

A emissora também registrou mais do que o triplo de audiência (+265%) do segundo canal de notícias mais bem colocado, com 81% de audiência acima da soma de todos os concorrentes do segmento. 

Os telejornais da casa cresceram em audiência na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, no PNT. Os dados são: "Em Ponto" – +54%; "Edição das 10h" – +32%; "Estúdio I" – +49%; "Edição das 16h" – +25%; "Edição das 18h" – +41%; "Em Pauta" – +37%; e "Jornal das Dez" – +6%. 

Por fim, a GloboNews ocupa o primeiro lugar entre o público AB no ranking da TV por assinatura (PNT), com audiência 83% acima do segundo colocado (Viva) – um crescimento de 29% em relação ao primeiro trimestre de 2020. 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário