Destaques

Decisão da Copa do Brasil promete resgatar rivalidade da década de 1990



Publieditorial

A decisão da Copa do Brasil 2020 tem tudo para reacender uma rivalidade que rendeu verdadeiras batalhas durante a década de 1990. Palmeiras e Grêmio estarão frente a frente nos jogos de ida e volta agendados para fevereiro deste ano, levando milhares de apaixonados por futebol a fazer os seus palpites em casas de apostas, como a LeoVegas.

No entanto, as partidas decisivas não devem contar com público nos estádios, impedindo que os clubes faturem e possam interacionar com os seus torcedores em um momento tão importante na temporada. De acordo com uma reportagem do portal iGaming Brazil, o Prejuízo Esportivo no Mundo pode Chegar a R$ 80 bi, com Coronavírus.  

Em campo, os dois times apresentaram campanhas bem sucedidas e baseadas em estilos táticos distintos. O Grêmio, normalmente, prefere envolver o time rival através da sua posse de bola. Já o Palmeiras, do português Abel Ferreira, investe na intensidade e na velocidade de seu elenco, usando os seus jogadores bem abertos pelas beiradas do campo.

O fato é que as segundas partidas das semifinais deixaram claro que os erros não são tolerados em uma competição deste modelo. O Verdão sofreu para conseguiu abrir o marcador contra o América-MG de Lisca, mas contou com a habilidade de seus atacantes para construir um placar confortável na etapa final.

Enquanto o Tricolor Gaúcho, adotou uma estratégia inteligente, modificando a sua forma de atuar e se tornando muito mais reativo diante do São Paulo. Com a vantagem conquistada no jogo de ida, o Grêmio apenas administrou o tempo e garantiu a classificação para a decisão.

A final

Palmeiras e Grêmio são dois clubes gigantes no cenário nacional e travaram disputas épicas em competições nacionais e internacionais na década de 1990. Conforme os palpites feitos por especialistas, como acontece no portal Esportes Online, o time gaúcho pode contar com um ligeiro favoritismo devido ao longo trabalho do treinador Renato Gaúcho e por ter mais tempo para descansar e treinar os seus jogadores.

Entretanto, o resultado da primeira partida poderá determinar a estratégia de ambas as equipes no jogo decisivo. Além disso, o Verdão tende a apostar no talentos dos seus jovens e pode contar com o retorno do experiente Felipe Melo, que se lesionou e está em fase final de recuperação. Tudo indica que os últimos 180 minutos da Copa do Brasil serão altamente equilibrados.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário