Destaques

SBT estuda mudanças na programação de seu horário nobre


(Reprodução/SBT)

Apontada como a emissora que menos se movimentou durante a pandemia, dentre as principais da TV aberta, o SBT tem sentido na pele tal decisão. Os últimos levantamentos de audiência tem demonstrado uma queda, sobretudo em seu horário nobre.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do R7, como os maiores problemas da programação estão localizados nesta faixa de horário, é nela que serão implantadas as maiores mudanças. 

Dentre as estratégias que devem ser utilizadas pelo canal está a diminuição da duração do Programa do Ratinho. O noturno também deve sofrer uma redução nos dias de exibição, conforme uma das possibilidades discutidas internamente.

Ao contrário do que fez a Record e a Globo, a emissora de Silvio Santos baixou a guarda durante os últimos meses. Isso fez uma grande diferença com o público.

Considerada, senão, a maior aquisição do canal da Anhanguera este ano, a Libertadores até poderia movimentar essa faixa, mas ainda não disse a que veio e a repercussão dos jogos tem deixado a desejar. A expectativa, agora é que haja uma reação sobre o campeonato apenas em 2021.

Até lá, o público do futebol terá que descobrir o SBT como uma nova opção de curtir o esporte. Os telespectadores do canal estão acostumados com novelas infantis e programas de auditório; a estação agora terá que trabalhar dobrado para conquistar os amantes de futebol e manter o público.

Com informaçoes,RD1

Nenhum comentário

Deixe seu comentário