Destaques

Datena e Band são condenados na Justiça por causa do Brasil Urgente

Reprodução/Tv Bandeirantes

Condenados na Justiça, José Luiz Datena e a Band são obrigados a pagar uma indenização de 109,3 mil para uma padaria por causa de uma matéria que vinculava o estabelecimento localizado em São Paulo com o tráfico de drogas.

A reportagem é do Brasil Urgente e veiculada em maio de 2012 aparece na internet com a seguinte manchete. “Sanduba da maconha traficante usava carro de padaria para vender droga”. Nele, um funcionário da padaria é preso em flagrante pelo crime.

Debochado, Datena questiona: “A maconha tava no dog [cachorro-quente], véio? Nunca vi pão de queijo feito de maconha, vai ter mineiro doidão até o ano 3000. Quem vai desconfiar de uma ‘vanzinha’ de pão de queijo que tenha uma tonelada de maconha para distribuir”.

Segundo o jornalista Rogério Gentile, do UOL, o empresário Tiago Braga da Silva alega que a notícia surgiu no programa de forma totalmente distorcida e que graças a isso perdeu cerca de 30% da sua clientela. Em argumento, Band e Datena dizem que a reportagem deixa claro que o empresário não está entre os responsáveis pelo crime.

“Os fatos, da forma como foram narrados, sem o cuidado de preservar a imagem da empresa, abalou sua honra”, afirmou o desembargador Fortes Barbosa, afirma o desembargador Fortes Barbosa. A decisão não cabe mais recurso.

Com informações,RD1

Nenhum comentário

Deixe seu comentário