Destaques

Corinthians afirma ao Cade que Tv Globo pode pagar menos com a MP do mandante

(Reprodução)


Em resposta ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) sobre inquérito aberto para apurar monopólio nas transmissões de futebol no Brasil e como a MP do mandante se encaixa nisso, a diretoria do Corinthians disse que teme que o Grupo Globo diminua os valores pagos nos atuais contratos para o Campeonato Brasileiro caso a medida provisória vire lei. A informação é do blog do Marcel Rizzo no UOL Esporte.

"Na prática, a partir de agora as emissoras estarão autorizadas a transmitir jogos mesmo que tenham contrato vigente com apenas uma das equipes, desde que seja a equipe mandante, e mesmo que o adversário tenha cedido seus direitos a um concorrente. Assim, sendo que a Rede Globo não possui contrato com todas as equipes do Campeonato Brasileiro da Série A, teme-se que referida emissora se sinta prejudicada pela MP 984/2020 e pugne pela revisão - para baixo - dos valores pagos aos clubes com os quais já possui contrato válido como, por exemplo, o Corinthians, clube com qual atualmente possui 03 (três) contratos (TVs aberta, fechada e PPV) em pleno vigor, com vigência até 31 de dezembro de 2024", diz o clube no documento.

Na sequência, o clube lembra ao Cade que a Globo, por causa da MP, rescindiu contrato em vigor com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ), que era válido até 2022, pelo Campeonato Carioca.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário