Destaques

CBF comprou jogo contra o Peru porque não queria Seleção Brasileira fora da TV Aberta

                      Foto:Lucas Figueiredo/CBF


A CBF comprou na última hora os direitos do jogo da seleção com o Peru porque ainda esperava que uma negociação com TV Aberta fosse fechada. Segundo o blog do jornalista Rodrigo Mattos, no UOL Esporte, houve uma conversa entre o SBT e a Mediapro até o meio da tarde, mas o acordo não foi fechado. A Band fez tentativas, mas não queria gastar dinheiro, e a Globo ainda acompanhava. Com isso, a confederação fechou uma negociação mais barata repassando direitos à TV Brasil e usando o seu site.

No dia do jogo pela manhã, o secretário-executivo do Ministério de Comunicações, Fábio Wanjgarten, interferiu e foi falar com a CBF para pedir autorização para transmissão na TV Brasil. A confederação avisou que não tinha os direitos e não poderia dar o aval.

Como até o meio da tarde não houve acordo com nenhuma emissora, a CBF passou a conversar diretamente com a Mediapro porque não queria os jogos da seleção fora da TV Aberta.

Foi fechado um acordo bem mais baixo com as garantias de que a transmissão seria só na TV Pública e no site da CBF.

Apesar de a transmissão ter ocorrido sem problemas, a confederação viu o negócio de última hora como um plano de emergência. Em um mundo ideal, não pretende se tornar uma compradora de direitos e tem preferência que uma televisão privada adquirira o próximo jogo contra o Uruguai.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário