Destaques

"Amor e sorte com Gilberto Gil" estreia no Globoplay



A série "Amor e Sorte", criada por Jorge Furtado com o objetivo de retratar relacionamentos e suas transformações durante a pandemia, ganhará um especial musical produzido exclusivamente para o Globoplay: "Amor e Sorte com Gilberto Gil" chega nesta quarta-feira, dia 21 de outubro, na plataforma e aberto para não assinantes. O especial vai mostrar a história por trás das composições das músicas de Gilberto Gil, além de um grupo eclético de artistas em performances e parcerias inéditas para a gravação de novas versões dessas canções durante a quarentena.

Respondendo perguntas dos artistas participantes, Gil faz uma viagem no tempo, contando curiosidades sobre o momento em que as músicas foram escritas, passando por temas de amor, ideologias e memórias de tudo que viveu até hoje. Sandy e Lucas Lima regravaram "Estrela"; Lucy Alves, "Andar com Fé"; e Liniker regravou "Barato Total". E ainda Céu e Pupilo, com "Aqui e Agora"; Milton Nascimento e Amaro Freitas, com "Drão"; Anavitória com "Retiros Espirituais"; Pitty, com "Questão de Ordem"; e Teago Oliveira, com "Esotérico". Além de Elza Soares e Renegado, com "Divino Maravilhoso"; Rubel, com "Palco" e Silva, com "A Coisa mais Linda que Existe". Por fim, Gil assina e performa ele mesmo, ao lado de sua família, a trilha de abertura, com a música "Parabolicamará".

Dirigido por Patricia Pedrosa, que assinou a direção artística de três dos quatro episódios da série "Amor e Sorte", o especial é um complemento à homenagem já iniciada nas histórias a um dos maiores músicos da Música Popular Brasileira. Os três episódios dirigidos por Pedrosa têm apenas músicas do cantor, cantadas por ele e também por outros artistas que se destacam no cenário musical brasileiro.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário