Destaques

SBT já pensa em equipe e patrocinadores para Libertadores

Reprodução)

O SBT ainda aguarda a oficialização da Conmebol a respeito de suas condições para exibir a Copa Libertadores da América, mas já pensa em uma equipe de Esportes, além de patrocinadores em potencial. De acordo com o UOL Esporte, no plano que enviou para a entidade, a emissora revela que um núcleo esportivo para a transmissão precisa ter pelo menos 30 profissionais.

Nomes do Jornalismo da emissora, com experiência no Esporte, devem ajudar na questão emergencial. Internamente, diretores estão pedindo sugestões de nomes de narradores e outros jornalistas que podem auxiliar nesse retorno. Nessas sugestões, os dois primeiros nomes falados foram o de Téo José e o de André Henning.

Enquanto isso, diretores comerciais do canal paulista começaram a sondar empresas do mercado, principalmente aquelas que anunciaram no Fla-Flu do Carioca em julho. As marcas estão ansiosas e deram um feedback positivo sobre o assunto, o que animou ainda mais o SBT.

O assunto Libertadores está sendo tocado pessoalmente por José Roberto Maciel, vice-presidente da emissora paulista.

Enquanto isso, o colunista de TV, Flávio Ricco, informa a partir de fontes que acompanham de perto a questão de direitos esportivos que, para este ano não, até porque o número de jogos será menor, mas no próximo o SBT terá que buscar no mercado cerca de R$ 200 milhões para honrar os compromissos da Libertadores. Isso fora operações e considerando, para efeito de cálculo, apenas a metade do que a Globo vinha pagando para a Conmebol.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário