Destaques

Cantor e humorista são impedidos de gravar no SBT após testar positivo para a covid-19


(Reprodução)


O elenco convidado para a gravação do Passa ou Repassa, no Domingo Legal, foi barrado no SBT na última quinta-feira (17), após testarem positivo para o novo coronavírus. O cantor Naldo Benny e o humorista Bruno Motta descobriram na sede da emissora de Silvio Santos que estão com a covid-19.

A descoberta só foi feita após o teste rápido feito pelos famosos no ambulatório do SBT. A ação faz parte do protocolo de segurança adotado pelo canal paulista antes de qualquer gravação. Com Naldo e Bruno fora, a gravação comandada por Celso Portiolli atrasou.

Esposa do funkeiro, Ellen Cardoso também ficou de fora do game show. Ela testou negativo, mas saiu da sede da emissora com o marido, que foi para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A assessoria de imprensa afirmou que convidados de qualquer atração da TV são levados para o ambulatório para checagem. As informações são do Notícias da TV.

No lugar de Ellen, Benny e Motta, a produção do Domingo Legal escalou à pressas Milene Pavorô e Murilo Bordoni, integrantes do Programa do Ratinho, e Renata Brás, da turma de A Praça É Nossa. “Essa vida. Saímos da rádio e já entramos aqui no Domingo Legal. Vamos ver se a gente ganha, pelo menos”, cogitou Milene pelo Instagram. “Viemos gravar o Domingo Legal hoje. O Celso está ali e ninguém pode chegar perto”, disse Murilo.

“Que saudade que eu estava desse lugar. Quem conhece sabe que toda quarta-feira eu estava aqui para gravar. Muita saudade”, desabafou Renata. “Aqui no SBT é assim: antes de qualquer coisa, a gente tem que passar no ambulatório para fazer o teste do Covid-19. Certíssimo”, aprovou.

Confira:

Ver essa foto no Instagram

Tá tudo bem comigo 🙏🏽💪🏽 To firmão

Uma publicação compartilhada por NALDO (@naldobenny) em

Com informações,RD1

Nenhum comentário

Deixe seu comentário