Destaques

Globo processa Athletico e pede indenização milionária


(Reprodução)

A Globo entrou com um processo na 15ª Vara Cível da Comarca de Curitiba contra o Athletico-PR, que decidiu usar a MP do Mandante para exibir seus jogos em casa no Furacão Play, seu serviço de pay-per-view próprio. De acordo com publicação do UOL Esporte, o processo pede uma liminar para impedir imediatamente o Athletico de mostrar essas partidas, além de uma indenização de R$ 2 milhões por perdas e danos caso o clube decida manter suas transmissões.

No documento, a Globo acusa o clube de fazer "jogo de cena" e usar um grupo de sócios para conseguir uma decisão favorável e transmitir o jogo contra o Goiás, nesta semana, pela segunda rodada do Brasileirão.

A emissora afirma que a ação civil pública feita pelos sócios foi uma manobra do Athletico para tentar não sofrer sanções pela exibição das partidas do Furacão Play. Para a Globo, o clube precisa ser punido pela atitude que tomou, além de defender que a Associação de Sócios do Athletico não tinha competência para pedir uma liminar sobre direito de transmissão.

A Globo pede com urgência o julgamento da questão e o impedimento da transmissão de Athletico x Palmeiras no Furacão Play, que está previsto para acontecer na Arena da Baixada na próxima quarta. Além disso, a emissora entrará com documentos pedindo condenação do Athletico por perdas e danos pela exibição do jogo contra o Goiás, mesmo que tenha acontecido através de uma liminar concedida 20 minutos antes.


Um comentário:

  1. Justo, no Brasil ninguém respeita mais nem contrato assinado, todo mundo quer ganhar mais dinheiro a qualquer custa não importa como, tomara que a justiça de uma multa muito mas muito pesada para esses babacas do Athletico.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário