Destaques

Conmebol se diz surpresa com devolução dos direitos da Sul-Americana pelo DAZN

(Reprodução)

A Conmebol se surpreendeu com a devolução dos direitos da Copa Sul-Americana por parte do DAZN, segundo publicou o blog do Marcel Rizzo, no UOL Esporte. A plataforma de streaming ainda cogita tentar renegociar o acordo, válido até 2022, por valores menores, mas a confederação sul-americana está disposta a encontrar outro parceiro.

A intenção da Conmebol é realizar uma nova concorrência, como foi feito para o ciclo de 2019 a 2022 e que teve como vencedor o DAZN.

Ainda de acordo com o jornalista, há pessimismo entre a cartolagem por alguns motivos: primeiro a crise econômica causada pela pandemia, que foi inclusive o motivo alegado pelo DAZN para devolver os direitos da competição. O segundo é que para 2020, ao menos, a Sul-Americana está pouco atrativa para o consumidor brasileiro, com apenas dois times ainda disputando o torneio, o Vasco e o Bahia.

Caso não consiga abrir uma concorrência pelos direitos, que é hoje o cenário que a Conmebol considera o mais provável, a confederação terá que oferecer o evento, e isso não é bom porque o preço de mercado deve cair bastante.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário