Destaques

Repórter do SBT desmaia ao vivo durante entrevista

Governador da Bahia se assustou com desmaio de jornalista na sua frente (Imagem: Reprodução/ TV Aratu)

Uma repórter da afiliada do SBT na Bahia deu um grande susto nesta quarta-feira (15). Tainá Reis estava ao vivo em telejornal da TV Aratu quando acabou desmaiando na frente do governador da Bahia Rui Costa (PT).
Tudo aconteceu quando a jornalista fazia uma entrada durante a inauguração do Hospital Clériston Andrade 2, em Feira de Santana. Ela repassou uma pergunta ao político, mas acabou passando mal e desmaiando em seguida.
O problema foi notado pelos apresentadores Pablo Reis e Casemiro Neto, que não receberam resposta para os questionamentos que haviam feito. Além do governador, as pessoas presentes na entrada se assustaram e correram para ajudá-la.
Enquanto isso, direto do estúdio, os apresentadores do SBT alegaram um problema técnico. Depois do intervalo, Rui Costa e a repórter confirmaram o mal estar. “Acabei tendo um choque térmico e desmaiei aqui, por conta da diferença de temperatura, mas já tá tudo bem”, relatou a jornalista.
Em seguida, em suas redes sociais, Tainá esclareceu toda a situação e garantiu que estava bem. “Em meio a uma entrevista ao vivo com o governador do estado, meu corpo simplesmente desligou. Quando acordei, não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo. O constrangimento é grande, assim como o turbilhão de pensamentos que invade a sua mente”, desabafou.
Confira o momento:



Ver essa foto no Instagram

A vida é mesmo uma caixinha de surpresas. Algumas maravilhosas, outras, nem tanto... Hoje, sem dúvidas, foi um dos meus maiores desafios pessoais e profissionais. Em meio a uma entrevista ao vivo com o governador do estado, meu corpo simplesmente desligou... Quando acordei, não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo. O constrangimento é grande, assim como o turbilhão de pensamentos que invade a sua mente. A primeira preocupação é em resolver o problema: “o que posso fazer pra consertar?” ; “será que deu tudo certo?” ; “e agora, ainda dá pra contornar?” A sensação de ter falhado e fracassado no que você mais é empenhado e ama fazer, quer te alcançar. E então, a mão do amparo te abraça, o afago te encontra e o cuidado te faz levantar. Esse, com certeza, não foi o meu melhor ao vivo. Mas se nada é em vão e o que não é bênção é lição, quantas coisas eu aprendi com ele... Uma delas foi perceber o quanto sou rodeada de gente do bem, de amor e de luz. E se é na hora da queda que a gente percebe isso, hoje ficou mais do que claro o quanto tenho em quem me apoiar. Sempre. Poderia ficar aqui procurando motivos pra me sentir triste ou até envergonhada. Mas se ninguém me fez, nem deixou eu me sentir assim, porque eu faria isso comigo mesma? Quem sete vezes cai, levanta oito. E no meu caso, vou levantar e me superar ao vivo. Obrigada a todos os meus colegas do @programaqvp e da @tvaratu pelo amparo e preocupação; a equipe médica do HGC2, ao governador @ruicostaoficial e o secretário @fabio_vboas pelo cuidado e gentileza, aos meus amigos e família pelo amor e a todos vocês por tudo, sempre! ❤️
Uma publicação compartilhada por Tainá Reis (@taireis) em

Com informações,RD1 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário