Destaques

FLU TV irá amenizar clubismo na transmissão da final do Campeonato Carioca

(Reprodução)

A transmissão da final da Taça Rio, na última quarta-feira (8), fez a FLU TV  bater recorde mundial de acessos simultâneos em uma transmissão esportiva na plataforma, com 3,6 milhões de espectadores e a conta oficial do Tricolor no YouTube saltar de 213 mil  para 493 mil assinantes, um crescimento de 131%.

Apesar dos bons números, a transmissão teve problemas com críticas à imagem do jogo e à equipe de transmissão. De acordo com o UOL Esporte, para a primeira final do Campeonato Carioca, contra o Flamengo, na tarde deste domingo, a produtora contratada prometeu mais opções de câmera e um sinal mais limpo.

O narrador Anderson Cardoso chamou a atenção por não falar nomes dos jogadores rivais durante o primeiro tempo. No intervalo, houve uma mudança indicada pela diretoria, e a transmissão passou a citar mais claramente os ataques do Flamengo.

Na final, não haverá festa para lances de perigo do rival, mas os nomes serão narrados. O objetivo é aproximar a transmissão aos moldes de um jogo de Copa do Mundo do Brasil, com ênfase para o Fluminense e seus torcedores, mas com narração tradicional — com menos fôlego — para lances do Flamengo.

A equipe será mantida. Anderson narra, com comentários de Marcello Pires e Phill e reportagens de Cláudia Magalhães e Rogério Ribeiro.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário