Destaques

Facebook apresenta nova forma de transmissão ao vivo a partir do Messenger Rooms




Nesta semana, o Facebook apresenta uma nova maneira de fazer transmissões ao vivo a partir das Messenger Rooms (Salas do Messenger). As lives feitas nessas salas facilitam a interação com diferentes tipos e tamanhos de público e permitem transmitir ao vivo com até 50 pessoas.
No atual cenário de pandemia, o Facebook Live tem sido cada vez mais usado. As trasmissões ao vivo de páginas dobraram em junho de 2020 na comparação com o mesmo período do ano anterior – grande parte devido ao aumento nas transmissões feitas desde março deste ano.
Na plataforma, é possível criar uma sala que possa entrar ao vivo diretamente do Facebok ou Messenger Web e convidar qualquer pessoa para participar, mesmo que ela não tenha uma conta no Facebook. Como criador de uma sala, o usuário pode transmiti-la em um Perfil, Página ou Grupo e convidar quem quiser – o criador da sala controla a transmissão ao vivo, incluindo onde ela é compartilhada no Facebook, quem pode assistir e quem é convidado para participar. Todos os participantes da sala receberão uma notificação de convite para a transmissão ao vivo e terão que aceitá-lo para participar. Eles também podem optar por sair da sala antes que ela entre ao vivo.
Além disso, o criador da sala também pode adicionar ou remover participantes da transmissão a qualquer momento e os integrantes também podem sair dela quando desejarem. Outro recurso é a possibilidade de bloquear e desbloquear uma sala enquanto ela está ao vivo. Quando o criador de uma sala escolhe entrar ao vivo, a transmissão é compartilhada com o Facebook e as pessoas fora da sala podem ver o que está acontecendo nela, de acordo com o público escolhido e o local onde a sala for compartilhada no Facebook. O Facebook afirma ainda que encoraja os espectadores a denunciarem qualquer vídeo ao vivo que considerem violar os padrões da comunidade – assim como acontece com outros vídeos do Facebook Live, a plataforma informa que pode coletar e revisar áudio e vídeo da transmissões para garantir que ela siga esses mesmos padrões.
Esse recurso está sendo implementado a partir desta semana em alguns países no Facebook e no Messenger na Web e será expandido em breve para todos os países onde as Salas do Messenger estão disponíveis, bem como para os aplicativos móveis do Facebook e do Messenger e o aplicativo do Messenger para desktop.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário