Destaques

‘Esporte Espetacular’ estreia série sobre a evolução da NBA ao longo dos anos


(Reprodução)

No final do mês, a NBA voltará às atividades após a paralisação causada pela pandemia de coronavírus. Os jogadores serão isolados em uma bolha segura em Orlando, nos Estados Unidos, e não poderão sair enquanto suas equipes estiverem competindo nas rodadas finais da temporada regular e nos playoffs. Todas as partidas acontecerão no mesmo local, em uma experiência inédita. Para fazer o esquenta desse retorno, o 'Esporte Espetacular', da Globo, estreia neste domingo (12), a série "NBA – A Evolução". Em três episódios, o correspondente Guilherme Roseguini mostra três pilares que fizeram o basquete americano se tornar uma referência no planeta: o jogador, o jogo e a liga.

Na estreia, a série analisa as adaptações dos atletas ao longo dos anos, e como deixaram de ter funções fixas para desenvolver outros talentos. Foi quando surgiu o jogador apelidado de unicórnio, que mistura tamanho, força, agilidade, precisão e habilidade. Um dos primeiros exemplos de sucesso foi Dominique Wilkins, que defendeu o Atlanta Hawks de 1982 até 1994. Ele encerrou sua passagem na NBA com expressivos números de pontos, rebotes e assistências e, em entrevista exclusiva, explica o processo de mudança de perfil ocorrido desde a década de 1980.

A reportagem também mostra uma academia em Santa Bárbara, na Califórnia, que é refúgio de atletas durante as férias. Cerca de 60% dos jogadores da NBA já passaram pelos cuidados do centro de treinamentos do médico Marcus Elliot para aperfeiçoar os fundamentos. Tudo é filmado e estudado de forma detalhada. "Nosso foco está no estudo detalhado dos movimentos, com muita precisão. Em qualquer lugar você descobre quão rápido um jogador corre, quanto ele salta. Mas existem outros medidores de desempenho que estão um pouco mais escondidos", explica Elliot.

Outra atração do programa deste domingo é um divertido talk show comandado pelo folclórico Aloísio Chulapa. Na terça-feira, dia 14, o tricampeonato da Libertadores do São Paulo completa 15 anos. Adversário naquela decisão, quando defendia as cores do Athletico-PR, Chulapa conversa por vídeo com alguns dos rivais, que poucas semanas depois viraram companheiros de elenco. Sempre bem-humorado, o ex-atacante arrancou risadas de Lugano, Cicinho e Amoroso ao recordar histórias daquela final no Morumbi do ponto de vista do time derrotado.

O 'Esporte Espetacular' deste domingo começa às 09h00, depois do 'Auto Esporte'.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário