Destaques

Cresce lobby dos clubes para aprovação da MP que altera os direitos de transmissão de TV

(Reprodução/Máquina do Esporte)

Cresce o número de clubes que apoiam a Medida Provisória que altera os direitos de transmissão de TV, segundo análise do colunista Rodrigo Mattos, no UOL Esporte. Da mesma forma, cresce o lobby dos times para que o texto seja aprovado no Congresso. O movimento pode causar efeitos em direitos de transmissão de jogos do Brasileiro já que os clubes entendem ser donos de seus direitos como mandantes.

O encontro dos clubes que têm contrato com a Turner com o presidente Jair Bolsonaro foi comunicado as demais equipes em reunião na segunda-feira passada. Houve manifestação em favor da maioria dos presentes, com exceção de três agremiações que questionaram a MP ter sido articulada só pelo Flamengo.

Cartolas dos clubes que têm acordo com a programadora entendem que a Turner poderia ter os direitos de todos os jogos como mandantes, e não só aqueles em que têm os dois times sob contrato. Ou seja, a emissora passaria a ter 152 partidas, mais do que o dobro do atual.

Haveria ainda outros direitos em aberto no Brasileiro, os jogos como mandante do RB Bragantino para todas as mídias, as partidas do Athletico como mandante para pay-per-view e streaming. Ao mesmo tempo, a Globo e SporTV

Para os clubes, acumular direitos sobre seus jogos como mandantes seria importante em duas pontas: convencer a Turner a desistir de romper o contrato e ter um trunfo de negociação caso a emissora insista com a recisão. E aí entra o segundo pleito dos oito clubes da Turner: os dirigentes expuseram a Bolsonaro o problema que enfrentam porque a empresa que não tem pagado os acordos. A Turner tinha prometido ao governo federal aumentar investimento no país. poderiam ter direitos sobre os jogos como mandantes de todos os seus clubes.



Nenhum comentário

Deixe seu comentário