Destaques

CNN Brasil terá app para não assinantes de TV


Anthony Doyle, vice-presidente de distribuição da CNN Brasil

Acabando a fase de quarentena da pandemia de Covid-19, a CNN Brasil lançará o CNN Go, aplicativo que será oferecido a não assinantes de TV paga. A informação foi adiantada por Anthony Doyle, vice-presidente de distribuição do canal de jornalismo, em painel no Brasil Streaming, evento realizado de maneira virtual por TELETIME e TELA VIVA nestes dias 16 e 17 de julho. O canal, que estreou no início da pandemia, está com seu sinal aberto a todos os assinantes da base de TV na operadoras pelas quais é carregado, bem como também a não assinantes de TV em seu site e aplicativo.
"Em algum momento, teremos que fechar essa degustação. Aí sim, vamos lançar nosso OTT, o CNN Go", disse o executivo. Segundo ele, a venda será exclusivamente através de parceiros operadores de TV, banda larga ou móvel, de forma a manter a cadeia de valor da TV por assinatura. "Temos que crescer o negócio, mas sem matar o de TV por assinatura tradicional. Não queremos perder nossos 15 milhões de assinantes", disse.
Ele não descarta a questão regulatória, que pode limitar o serviço, uma vez que a notícia tem valor, sobretudo, no ao vivo, podendo, portanto, ser qualificado como SeAC. "Tem o que a gente pode fazer e o que a gente deve fazer. Já sabemos o que devemos e como se faz", disse.
Sobre o valor do futuro serviço, também ainda é um incógnita. A TV por assinatura, em geral, não tem variação de preço por região. No entanto, no lançamento do aplicativo, não se descarta precificação diferenciada. "Talvez o preço que queremos praticar nos Jardins (bairro nobre da capital paulista) não seja o mesmo que podemos em localidades distantes", explica. "Há dezenas de modelos diferentes. Precisamos encontrar o modelo que faça sentido para nós, para os parceiros e para o assinante", completa.
Com informações,TELA VIVA

Um comentário:

  1. Assim que estreou comecei a acompanhar o novo canal de Jornalismo pois gosto muito de informação. Infelizmente, passado o período de sinal aberto, perdi a emissora pq meu pacote não contempla, segundo a minha operadora. Porém a GloboNews continua firme e forte no pacote e fiquei sem opção a não ser voltar a ver a emissora. CNNBRASIL poderia tbm está incluída nos pacotes básicos. Já estava me acostumando com o "Breaking News"

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário