Destaques

Champions League volta à Turner em formato inédito




Pela primeira vez na história, a UEFA Champions League terá oitavas, quartas, semifinais e final dentro de um único mês. Em consequência à quarentena imposta pelo Covid-19, o maior campeonato de clubes do mundo permaneceu parado por quase 150 dias e, agora, volta aos campos para o encerramento da temporada 2019-20. A Turner, uma empresa da WarnerMedia, e o Facebook são os únicos detentores do agosto decisivo da Champions League para o Brasil. Na Pay TV, os jogos serão transmitidos com exclusividade pela TNT e, no digital, pela página do Esporte Interativo no Facebook ou pelo Esporte Interativo Plus.
Lisboa foi escolhida como sede única do torneio por algumas razões – Portugal é território neutro (não tem mais representantes nesta edição), apresenta facilidade logística e enfrentou a pandemia com certo sucesso. Para interferir o mínimo possível na temporada 20/21, a solução encontrada pela organização foi reconfigurar a competição, com poucas datas e jogos sequenciais em mata-mata, em uma "maratona de jogos".
A Champions League terá a seu favor o fato de ser o único campeonato europeu relevante a ocorrer em agosto, sem concorrência, portanto, de outras transmissões desse porte. Na temporada 2019/2020, mais de 9,3 milhões de pessoas já passaram pelos canais da Turner para assistir às partidas. Na fase final, a audiência tende a crescer ainda mais: segundo o levantamento que compara 17/18 com 18/19, aumentou entre 130% nas quartas e 197% na final. No digital, o Esporte Interativo é líder de engajamento em todas as plataformas – só conteúdos da Champions nesta temporada já geraram 171 milhões de interações, o dobro do ano anterior.
Claro, Heineken, Nissan, Santander e SportingBet patrocinam a fase final da Champions 19/20 na Turner. Também apoiam a transmissão Amazon Prime Video, Gillette, Hoteis.com e Motorola. A Turner ainda tem oportunidades abertas para empresas interessadas. Marcas, fãs e talentos do Esporte Interativo vão engajar em mais de sete horas de programação no linear em dias de jogo, além das publicações em plataformas sociais e formatos digitais.
Com informações,TELA VIVA

Nenhum comentário

Deixe seu comentário