Destaques

‘Faixa Especial’ do SporTV mostra Pelé e Garrincha em jogos decisivos das Copas de 1958 e 1962


(Reprodução)

A história de títulos do futebol brasileiro em Copas do Mundo começa em 1958, na Suécia. Junto com ela, a história de uma das maiores duplas do esporte mundial: Pelé e Garrincha. Os dois, que atuando juntos com a camisa da seleção brasileira nunca saíram de campo derrotados, foram protagonistas e decisivos para as conquistas de 1958 e 1962. A ‘Faixa Especial’ do SporTV relembra, a partir desta quinta-feira (25), os jogos decisivos das duas competições, com narrações e comentários inéditos.

Na estreia, a vitória brasileira por 3 a 1 sobre os ingleses, com gols de Garrincha (2) e Vavá, pelas quartas de final da Copa do Mundo do Chile, em 1962. “Vamos voltar 58 anos no tempo e quem ama futebol vai ver uma partida especial no SporTV. O momento mais decisivo na carreira de Garrincha, uma oportunidade para entender as declarações de ele ganhou uma Copa do Mundo sozinho. Vamos ver um jogador especial em uma seleção especial. Um jogo em preto e branco, com imagens antigas, mas uma transmissão que é um documento histórico. Será um prazer contar a história de Brasil x Inglaterra”, diz Paulo Vinicius Coelho, que estará na transmissão da partida com o narrador Gustavo Villani e os comentaristas Pedrinho e Maurício Noriega.

Na sexta-feira (26), as lembranças seguem nos gramados chilenos, com o confronto pela semifinal diante dos donos da casa. O Chile chegava pela primeira vez à semifinal de uma Copa do Mundo, mas Garrincha, que depois da lesão de Pelé ainda na primeira fase, foi ainda mais decisivo, precisou de apenas nove minutos para abrir o placar e acabar com a empolgação dos anfitriões. O Brasil venceu por 4 a 2, com mais um gol de Garrincha e outros dois de Vavá, chegando à sua segunda final consecutiva. O duelo contra a Tchecoslováquia, com exibição no sábado (27), às 18h, sacramentou o bicampeonato com uma vitória por 3 a 1, com gols de Amarildo, Zito e Vavá. Garrincha foi eleito o melhor jogador da competição.

Deixamos o Chile e aterrizamos na Suécia para relembrar a semifinal da Copa do Mundo de 1958 diante da França, programada para ir ao ar no domingo (28), às 18h. Se os franceses tinham o artilheiro Just Fontaine, o Brasil tinha Pelé, que marcou três vezes na vitória por 5 a 2, colocando o Brasil em mais uma final. Na decisão, diante dos suecos, com exibição na segunda-feira (29), às 19h, mais uma atuação de gala de Pelé. O Rei do Futebol marcou duas vezes, uma delas em um dos lances mais bonitos da história das Copas, ao aplicar um chapéu no zagueiro sueco e chutar para o gol, sem deixar a bola quicar no gramado. A vitória por 5 a 2 sobre os donos da casa foi o primeiro passo da caminhada da seleção brasileira rumo ao topo do futebol mundial.

FAIXA ESPECIAL

QUINTA-FEIRA, dia 25:
19h00 – Brasil 3 x 1 Inglaterra – Quartas de Final da Copa do Mundo de 1962

SEXTA-FEIRA, dia 26:
19h00 – Brasil 4 x 2 Chile – Semifinal da Copa do Mundo de 1962

SÁBADO, dia 27:
18h00 - Brasil 3 x 1 Tchecoslováquia – Final da Copa do Mundo de 1962

DOMINGO, dia 28:
18h00 - Brasil 5 x 2 França – Semifinal da Copa do Mundo de 1958

SEGUNDA-FEIRA, dia 29:
19h00 - Brasil 5 x 2 Suécia – Final da Copa do Mundo de 1958

Nenhum comentário

Deixe seu comentário