Destaques

DAZN atrasa entrega de equipamentos e jogos são feitos por narradores fora do Brasil

(Reprodução)

Os primeiros jogos mostrados ao vivo pelo DAZN com o reinicio de algumas competições na Europa foram transmitidos por profissionais que residem fora do Brasil. Segundo o UOL Esporte, a explicação passa por uma demora da plataforma em entregar equipamentos de transmissão.

É que a matriz da empresa, sediada na Inglaterra, ficou de enviar para os narradores e comentaristas no Brasil todo o equipamento para transmissão em casa. Só que eles ainda não chegaram e não há nem previsão.

O problema se formou por que não há como deslocar profissionais do Brasil para Argentina como antes, em razão do fechamento de fronteiras por conta da Covid-19.

Com isso, nomes como Conrado Giulietti e Estevan Ciccione, que moram nos Estados Unidos, seguirão fazendo as narrações em português do DAZN.

A situação incomoda os contratados que residem no Brasil porque os ganhos deles acabam sendo reduzidos com a falta de transmissões. O DAZN paga por jogo transmitido aos comentaristas e narradores, e esse pagamento é em dólar. Poucos nomes são fixos e ganham um valor regular da plataforma - alguns desses fixos, em sua maioria, são executivos no Brasil.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário