Destaques

CBF proíbe empréstimo a clube com cota de TV antecipada e gera insatisfação


(Divulgação/CBF)


A CBF anunciou uma linha de empréstimo emergencial de R$ 100 milhões para clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro por conta da crise do coronavírus, mas boa parte das agremiação não poderá acessar o dinheiro que só estará disponível para clubes que não tenham cotas de TV antecipadas com a Globo. As informações foram publicadas pelo colunista Rodrigo Mattos, no UOL Esporte.

Quem tinha cota antecipada de televisão do Brasileirão poderia pegar recurso só do seu montante que tivesse liberado. Se tivesse tudo antecipado do ano, não teria direito a nada.

Já clubes que têm contrato com a Turner, então, teriam direito a uma fatia menor já que a empresa não participou desta operação de garantia.

Diante dessas circunstâncias, dirigentes avaliam que boa parte da Série A não poderá ter acesso aos recursos de empréstimos. Entre os clubes com cotas de TV antecipadas, estão Vasco, Botafogo, Fluminense, Atlético/MG, Santos, Corinthians e São Paulo.

Houve então uma insatisfação de alguns dirigentes com a CBF que consideraram a linha de crédito uma operação enganadora já que não chega aos clubes em pior situação financeira. Uma das partes envolvidas no resgate da confederação avalia que ainda há possibilidade de mudanças nas condições.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário