Destaques

Neto faz acordo com Benja na Justiça após perder processo

(Reprodução)

Os apresentadores Neto, da Band, e Benjamin Back, do FOX Sports, homologaram acordo, após nove anos de disputa judicial. O ídolo do Corinthians Neto pagará R$ 12,1 mil a Benja, valor referente a honorários, acrescido de correções, de uma ação que o ex-jogador moveu, e perdeu, nos tribunais. As informações foram publicadas pelo UOL Esporte.

Em 2011, Neto entrou com ação pedindo R$ 50 mil de indenização por danos morais. Na ação, o jurídico de Neto acusou Benja de insultar o ex-jogador de "pipoqueiro", "desprezível", "covarde e falso", "sem moral", "que dá nojo" e "não vale nada".

As ofensas direcionadas ao apresentador da Band teriam sido feitas por Benjamin Back durante o programa de rádio Estádio 97 de São Paulo e também no Twitter. Os advogados de Neto disseram à Justiça que "essas ofensas extrapolaram a liberdade de imprensa e de crítica".

Ao Tribunal, a defesa de Benja sustentou que "as críticas feitas ao autor não se dirigiram à pessoa dele [Neto], mas ao profissional". "Os comentários tiveram por objetivo apenas demonstrar o comportamento conflituoso dele [Neto], e não de ofendê-lo", comunicou o jurídico de Benja.

Em junho de 2012, o Tribunal, em 1ª instância, considerou improcedente o pedido de Neto, mesmo reconhecendo que Benja exagerou nos comentários. A juíza Luciana Alves de Oliveira concluiu que é preciso separar o "personagem" Neto de sua pessoa. Os comentários de Benja, de acordo com a juíza, não feriram a "pessoa" Neto.

O jurídico de Neto recorreu da decisão. Em janeiro 2016, a Justiça manteve em 2ª instância a decisão de 1º grau, que havia sido favorável a Benja. O caso foi levado ao Superior Tribunal de Justiça, em Brasília. Em maio de 2018, o STJ manteve a sentença.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário