Destaques

Audiência dos canais esportivos cai durante pandemia

(Reprodução)

Sem eventos ao vivo para mostrar por conta da pandemia do Covid-19, os canais têm enfrentado uma queda na audiência de suas programações, em que pese os programa em home office que estão sendo exibidos, além do festival de partidas históricas e reprise de atrações. Levantamento publicado pelo Notícias da TV, mostra que os mesmos ficaram atrás até da TV Aparecida no período de 15 de março a 15 de abril.

Dados da Kantar Ibope Media apontam que o canal religioso foi mais visto do que todos os esportivos na Grande São Paulo, tanto na média-dia (das 07h00 à meia-noite) quanto na média das 24 horas.

Em São Paulo, principal mercado do país, a TV Aparecida ficou na 24ª colocação no ranking da TV paga, com 0,33 ponto na média-dia. Com igrejas fechadas, os fiéis acompanham as missas em transmissões na web e na televisão. Com isso, as mensagens de fé estão com um desempenho melhor do que os conteúdos ligados ao esporte.

O primeiro esportivo da lista na Grande SP é o SporTV, que teve 0,26 de ibope no primeiro mês de quarentena e ficou em 32º no ranking. O FOX Sports aparece apenas na 43ª posição, com 0,16 ponto. Já os canais ESPN ficaram foram da lista de 50 mais vistos da TV paga.

No PNT (Painel Nacional de Televisão), que mede a audiência das 15 principais regiões metropolitanas do país, apenas o SporTV conseguiu superar, e por pouco, a TV Aparecida. No ranking nacional, o canal do Grupo Globo ficou na 25ª posição, com média-dia de 0,31 ponto. O religioso vem logo na sequência, na 26º lugar, com audiência de 0,27.

Na lista, o próximo esportivo aparece apenas como 47º colocado, o FOX Sports, com 0,15 ponto. A ordem segue com SporTV 2 (49º no ranking), SporTV 3 (58º), ESPN Brasil (62º), ESPN (72º), Fox Sports 2 (73º), Bandsports (75º) e ESPN 2 (80º).


Nenhum comentário

Deixe seu comentário