Destaques

Série original 'TODXS NÓS' estreia em março na HBO



Nova comédia dramática da HBO Latin America, TODXS NÓS estreia em 22 de março, às 23h, no canal HBO e na HBO GO. Com direção geral de Vera Egito, a série tem um terço do elenco composto por pessoas trans e/ou de gênero não-binário, e tratará temas ligados ao universo LGBTQIA+ como compreensão, inclusão, aceitação e uso de linguagem neutra. 

Em TODXS NÓS, Clara Gallo dá vida a Rafa, jovem de 18 anos, pansexual e não-binárie, que decide deixar a família no interior de São Paulo e mudar-se para a casa de seu primo, Vini (Kelner Macêdo), na capital. Vini já divide o espaço com sua melhor amiga, Maia (Julianna Gerais), e ambos ficam surpresos ao descobrir que Rafa se identifica com o pronome neutro e não com o gênero feminino ou masculino. Já na chegada, Rafa explica, por exemplo, que é prime - e não prima - de Vini.

Ao longo de oito episódios de 30 minutos, a produção criada por Vera Egito, Heitor Dhalia e Daniel Ribeiro convida o público a entrar no cotidiano de três jovens que vivem descobertas e desafios pessoais e profissionais constantes. “Desde o início da produção de TODXS NÓS, tínhamos um objetivo muito claro de tratar a série com delicadeza e verdade para que seja realmente inclusiva, tanto nas suas palavras como nas nossas ações”, explica Roberto Rios, vice-presidente Corporativo de Produções Originais da HBO Latin America. “Fomos motivados pelo desejo de contar uma história que traz temas importantes e, ao mesmo tempo, dá visibilidade e reconhece a diversidade de pessoas que são parte da nossa sociedade”, completa. 

TODXS NÓS é uma produção realizada integralmente com investimentos próprios da HBO Latin America. A série tem direção geral de Vera Egito, que assina também a direção dos episódios e roteiro junto com Daniel Ribeiro. Os roteiros contam com a colaboração de Alice Marcone e Thays Berbe. A produção é de Luis F. Peraza, Roberto Rios, Eduardo Zaca e Claudia Clauhs, da HBO Latin America Originals; Gil Ribeiro, Marcia Vinci e Margarida Ribeiro, da Coiote, e Heitor Dhalia e Egisto Betti, da Paranoïd Filmes. 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário