Destaques

Rede Globo analisa caso a caso viagens de coberturas esportivas por conta do Coronavírus



O departamento de Esporte da Globo vai rever a sua política de viagens para coberturas de eventos que ainda não foram cancelados por conta do Coronavírus, principalmente no futebol brasileiro. De acordo com o UOL Esporte, a emissora carioca vai avaliar caso a caso as situações e, a princípio, todas as viagens previstas de repórteres, por exemplo, estão mantidas até segunda ordem.

Um exemplo de viagem mantida que vai ocorrer neste fim de semana é a dos jornalistas Luiz Felipe Prota e Ana Hissa, do canal Combate. Ambos estão escalados para a cobertura in loco do UFC Brasília, que vai ocorrer na capital federal neste fim de semana, sem torcedores por determinação do Governo do Distrito Federal.

Já um exemplo de viagem cancelada é a de Tiago Medeiros. O apresentador do 'Globo Esporte PE' apresentaria o 'Tá na Área', do SporTV, no sábado (14) e domingo (15), mas a Globo optou por adiar sua chance no Rio de Janeiro para o fim de semana seguinte, por conta da pandemia e o risco de contaminação.

A Comunicação da Globo confirmou a informação e disse que as medidas adotadas pela emissora estão seguindo os mesmos protocolos decididos por gigantes da comunicação em todo do planeta.

"Nenhuma viagem ou cobertura internacional necessária deixará de ser feita, desde que garantida a segurança de nossos funcionários. Cada viagem está sendo avaliada individualmente, assim como nas grandes empresas globais", diz o Comunicado da Globo.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário