Destaques

Fortaleza adia decisão sobre rompimento com a Turner

(Reprodução)

O Conselho Deliberativo do Fortaleza se reuniu na noite desta terça-feira (10) para discutir um possível rompimento de contrato com a Turner/Esporte Interativo, que detém os direitos de transmissão dos jogos do clube válidos pelo Campeonato Brasileiro. De acordo com o jornal O Povo, ficou definido que a deliberação do tema se estenderá para uma nova assembleia a ser realizada até o fim do mês e que contará com um parecer externo.

O parecer oferecido para os conselheiros apreciarem foi feito pelos departamentos comercial e jurídico do Fortaleza, mas na próxima assembleia, ainda sem data marcada, haverá também o parecer da comissão jurídico do Conselho Deliberativo e um parecer externo, de um grupo jurídico independente. Até a decisão final, o clube promete sigilo total das informações sobre a temática.

“Sobre a reunião de hoje do Conselho Deliberativo, garanto à Maior do Estado que o ‘caso Turner’ está sendo discutido em altíssimo nível de maturidade e responsabilidade pelo pleno do Órgão. A assembleia de hoje foi de uma maturidade ímpar. O tema continuará em debate em breve”, escreveu o presidente do CD, Demétrius Coelho.

A queixa do Fortaleza está baseada no fato de o clube receber uma quantia bem inferior a que foi repassada aos demais clubes que fecharam com a Turner (Palmeiras, Santos, Inter, Bahia, Athletico-PR e Ceará), que embolsaram cada um deles R$ 23 milhões de cota. A cota do Tricolor na negociação foi de R$ 9 milhões, ou seja, R$ 14 milhões a menos que as demais equipes. O contrato é válido até 2024.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário