Destaques

Com contratação de Eduardo Zebini, CBF quer independência da Globo

(Reprodução)

A saída do executivo Eduardo Zebini do FOX Sports e sua provável ida para a CBF para tocar a CBF TV, emissora de streaming da entidade, vai muito além da provável fusão do FOX Sports com a ESPN. Segundo o blog de Cosme Rímoli, no R7, ele vai trabalhar na coordenação das transmissões de competições, jogos e treinos, especialmente da Seleção Brasileira. Com a CBF gerando as imagens, para ter mais lucro, e vendê-las para o mundo.

Antes, a CBF vendia o direito para emissoras, como a Globo, transmitir e gerar os jogos, mas isso vai acabar, segundo Rímoli. "Zebini deverá ainda participar das decisões em relação aos direitos do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Supercopa do Brasil. O executivo tem a missão de deixar a CBF independente de vez da emissora [Globo]", escreveu o jornalista.

"A parceria [com a Globo] pode até continuar. Não, a dependência", completou.


Nenhum comentário

Deixe seu comentário