Destaques

CNN Brasil demite funcionários em meio a pandemia de coronavírus


CNN Brasil foi inaugurada bem no meio da crise o Brasil em decorrência do coronavírus. Assim como outras empresas, a emissora também está avaliando a demissão de funcionários como tentativa de segurar as pontas.
Segundo a coluna de Leo Dias, do UOL, nesta quinta-feira (26), a empresa demitiu a visagista contratada anteriormente. No entanto, após a publicação, a CNN Brasil afirmou que a profissional foi apenas substituída por outra, pois estava em “contrato de experiência”.
Porém, de acordo com informações do colunistas, uma colaboradora que trabalhava na coleta de dados de mercado também teria sido demitida por falta de anunciantes. Além disso, outros funcionários também estariam sendo dispensados por causa do não cumprimento de metas estabelecidos pela emissora neste momento inicial. Por causa da situação, o clima na empresa não é nada bom.
Procurada pela publicação, a assessoria da CNN Brasil afirmou que não fez nenhuma “dispensa em massa”. “Mais de 50 profissionais e os estagiários, por conta do coronavírus, estão colaborando por home office“, explicou.
“Repórteres estão indo direto para as reportagens para evitarem o trânsito de profissionais na redação. Vamos contratar 45 profissionais temporários para reforçar a equipe“, afirmou.
Pouco tempo depois, a emissora ainda contou uma novidade. “Com o objetivo de reforçar a equipe em meio à cobertura jornalística… Até a próxima semana, haverá contratações temporárias de 79 pessoas”.
“Ademais, a CNN Brasil tem adotado todos os procedimentos necessários para proteger a saúde de seus colaboradores. De forma preventiva, 123 funcionários já foram colocados em trabalho remoto – inclusive o âncora William Waack”, concluiu.
Com informações,RD1


Nenhum comentário

Deixe seu comentário