Destaques

BandSports faz ajustes na grade e investe no Jornalismo para falar sobre riscos de avanço do novo coronavírus




O BandSports ajusta a partir desta quarta-feira (18 de março) sua programação por conta da suspensão e adiamentos de torneios esportivos em todo o mundo. O canal investirá em informação ao longo de todo o dia. A partir das 12h, o apresentador do Elia Jr vai entrevistar jogadores, que moram no exterior e no Brasil, além de infectologistas e outros especialistas para falar sobre riscos do avanço do novo coronavírus (Covid-19) e repercutir tudo que está acontecendo no Primeiro Tempo.


Na faixa das 14h, passa a ser exibido diariamente o Viva o Esporte, programa comandado por Julio Bergamo. A atração normalmente vai ao ao uma vez por semana às sexta-feiras. Trata-se de conteúdo de prestação de serviço, que aborda assuntos de bem-estar e saúde relacionados ou não aos esportes. 

Os amantes do futebol terão espaço para saber sobre os novidades nesse cenário com o Bola Rolando, às 17h. Segundas e sextas-feiras, o programa Baita Amigos, com apresentação do Neto e comentários de Velloso e Vitor Guedes, continuará no ar com uma menor duração.

Já o Sala do Esporte, jornal do fim de noite, entrará no ar mais cedo, a partir das 20h, em vez das 23h30. “A ideia é conseguir levar informação para o público e também proteger os colaboradores do canal, já que a Redação terá seu fluxo reduzido em 50% de funcionários. Essa é a primeira medida adotada, e não vamos deixar de seguir todas as recomendações do Ministério da Saúde e das autoridades estaduais e municipais”, diz o diretor do canal, Denis Gavazzi.

Desde segunda-feira (16), o Grupo Bandeirantes vem atendendo a todos os requisitos do Ministério da Saúde, como dispensar funcionários com mais de 60 anos e pessoas com doenças pré-existentes ou que estão no grupo de risco. A empresa vem alertando e orientando seus profissionais sobre os riscos de contaminação do novo coronavírus e a importância de se seguir as medidas preventivas estabelecidas pelas autoridades de saúde.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário