Destaques

Rede Globo ainda não tem acordo com RB Bragantino e Coritiba para o Brasileirão

 
(Reprodução)
A Globo ainda têm em aberto negociações com o RB Bragantino e o Coritiba pelos direitos de televisão da competição. De acordo com o jornalista Rodrigo Mattos, em seu blog, no UOL Esporte, as conversas com o time do interior de São Paulo são especialmente delicadas pela questão do nome do time: a agremiação quer que a empresa seja citada, e há uma trava neste sentido na emissora. Uma discussão sobre o Pay-per-view também está em aberto.

A proposta da emissora é similar à oferecida para os outros clubes para TV Aberta com distribuição de 40% igualitária, 30% por posição e 30% por exibição.

Outro aspecto que tem sido discutido é a remuneração pelo pay-per-view. Pelas regras atuais, o time é pago pelo percentual de assinantes torcedores cadastrados no pacote fechado. Com torcida pequena, restrita ao interior de São Paulo, o Red Bull Bragantino ficaria com um valor pequeno. Por isso, poderia não valer a pena assinar essa mídia assim como fez o Athletico-PR, que tem torcida bem maior.

É a mesma questão para o Coritiba. O time paranaense vê com bons olhos o modelo adotado pelo rival do Estado que só fechou na Aberta. Pede à Globo luvas de R$ 20 milhões para assinar a TV Aberta e o ppv, mas não tem certeza sobre a vantagem da segunda plataforma.

Vale lembrar que para TV fechada o Coritiba tem acordo com a Turner (Esporte Interativo).

Sem acordo com RB Bragantino e Coritiba, a emissora fica sem direitos sobre 108 partidas da Série A para o pacote fechado.
 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário