Destaques

Receita Federal faz devassa nas contas de atores da Globo



A Receita Federal tomou uma atitude em relação aos contratos da Globo com celebridades da TV e do cinema brasileiro. A informação foi divulgada pela coluna Radar, da revista Veja, que apontou a devassa sigilosa que já chegou a 30 globais do primeiro escalão de atores e atrizes da emissora.

Segundo a revista, as autuações são realizadas em um momento conturbado das relações do governo com a imprensa. Atualmente, cabe lembrar, a Globo é tratada como “inimiga” pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A blitz do Fisco fez soar o alerta para uma possível perseguição política contra os artistas, como o advogado tributarista Leonardo Antonelli, que trabalha com vários famosos.

Ainda de acordo com a Veja, a Receita Federal tem autuado os globais para que, em 20 dias, justifiquem a opção pelo contrato de pessoa jurídica, o famoso PJ, em vez do vínculo CLT com a Globo.

“Sob o ponto de vista estritamente trabalhista, a prestação de serviço do ator através da sua pessoa jurídica só lhe traz perdas financeiras: não recebe nenhuma verba indenizatória ou rescisória quando é desligado da emissora. Tanto é assim que Maitê Proença e Carolina Ferraz propuseram ações trabalhistas pedindo o reconhecimento do vínculo”, acrescenta Antonelli.

Com informações,RD1

Nenhum comentário

Deixe seu comentário