Destaques

Globo reage após devassa da Receita contra artistas da emissora


Globo reage após devassa da Receita contra artistas (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo se manisfestou oficialmente após a Receita Federal autuar 30 globais, incluindo Reynaldo Gianecchini e Deborah Secco, por supostas irregularidades dentro do contrato deles, firmado como Pessoa Jurídica (PJ).

Em nota divulgada pelo colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a emissora garantiu que os seus artistas foram contratados dentro da legalidade. A empresa ainda revelou que a fiscalização pode não ser ilegal, mas que também tem direito de discordar e recorrer.

Cabe lembrar que a Receita exigiu aos famosos notificados cópias dos contratos feitos na forma de PJ. Os globais, então, tiveram apenas 20 dias para explicar porque são contratados dessa forma, e não pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Em comunicado, o órgão público afirmou que sua fiscalização obedece a critérios impessoais, e que está investigando outras “empresas de comunicação”.

Para o advogado dos artistas, Leonardo Antonelli, trata-se de retaliação política. Cabe lembrar que Jair Bolsonaro (sem partido) desde o começo do seu mandato tem deixado claro uma rixa com a Globo.

O colunista Ricardo Feltrin, inclusive, também contou que outras emissoras, como o SBT, RedeTV, Record e Band disseram que nenhuma dessas empresas tem sido alvo desse tipo de fiscalização da Receita ou mesmo da Justiça do Trabalho nos últimos meses.

Com informações,RD1

Nenhum comentário

Deixe seu comentário